sexta-feira, 11 de março de 2016

"O MEU O SEU O NOSSO CAMINHO"




Quando fecho os olhos
Ao adormecer 
Em meus sonhos
E a você que eu vejo

Bate forte
As lembranças de você
Sua presença 
De minha mente não sai

O meu o seu o nosso caminho
Para que seguir sozinho
Pra que caminhar entre espinho
Vamos viver este amor, este carinho

Tento suportar 
O peso da saudade
Caminho por esta cidade
Sem esperança 
A procura da perdida felicidade

Até o sol se escondeu
Vendo-me triste
Solidariamente sofreu
Em lagrimas desapareceu

Estou preso
A um sonho inacabado
Quantas noites 
Por ti tenho chorado

Sinto sua presença
Te vejo em meus sonhos
Linda sublime a flutuar 
E fecho os olhos a sonhar

Como saber 
Onde este caminho levara 
Minha bagagem são lembranças 
E a esperança de contigo encontrar...


              Poeta do Sertão
                  11-03-2016