quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Atualidade



Atualidade!
 
Tempos incertos se vivem,
Tempos de agir,
Tempos de refletir,
Tempos de mudança,
Tempos em que perdida está a confiança,
Tempo de parar e mudar,
Pela forte tempestade que se aproxima,
Pela escuridão moral que se abate,
Sinais distantes,
Sinos a rebate,
Se abandona a imobilidade,
Do constante conforto consumista,
De quem intriguista nos desvia,
Do rumo da esperança,
Do sonho de criança!
Começar de novo?
Coragem que falta,
Abandonar preconceitos
Tabus e preconceitos,
Pensar novo,
Criar novo ideal,
Podemos mesmo mudar?
Onde erramos?
Existiram culpados?

Sim, todos nós que não mudamos,
Todos nos que seguimos nossos amos,
Sem questionar,
Sem pestanejar,
Sem reclamar,
E agora?
Sim, não parar!
Temos mesmo que mudar!
 
Alberto Cuddel®