quinta-feira, 19 de novembro de 2015

O Dia da Consciência Negra & Humana



És que chega 
Mais um dia 
Da consciência ilusória
Criaram em mim uma linha divisória

Vinte de novembro
Dia da consciência negra
Data marcada pela luta e resistência
Contra o racismo e discriminação

Triste fico em saber
Um dia preciso ter
Para em igualdade me reconhecer
Zumbi simbolo dos palmares renascer

Em nada sou diferente 
Melhor seria nos abraçar
Nos tratarmos como irmão
seriamos símbolos de resistência á discriminação

Melhor seria se tivéssemos
O dia da consciência humana
Um dia perdido na imensidão 
Trezentos e sessenta e cinco
Vividos no ostracismo da escuridão

À que se viver 
Sem a insana discriminação
Apaga-se da memoria 
O tronco e o grilhão

Assim seriamos
Simples seres humanos
Nos tratando como irmão
Da senzala ao casarão  

Sem rancor sem distinção
De credo, etnia ou religião...

         Poeta do Sertão
             19-11-2015