sexta-feira, 23 de outubro de 2015

deCiFREM-me




Decifrem-me

Tentam em vão decifrar-me,
Sou, não existindo, apenas sou,
Verbo, palavra, indiferente a gênero,
Indiferente, só, sentir, tristeza, depressão,
Ódio, conquista, perda, ou ser apenas,
Sou poeta, inconquistável, inacessível,
Sou mistério de vida, sou porquê,
Apenas já existia, já vivera, tudo
Ou o nada que escrevo…
Na plenitude de meu corpo,
Que hoje definhe desgastado
Pela idade dos verdes anos!

Deixem-me poetizar apenas,
A minha pobre alma de poeta!


In: Seduz-me