quinta-feira, 6 de outubro de 2016

"NOITE DOS ANJOS E MAGIA"




Embebecida noite de amor e fantasia 
Noite dos anjos e magia
Estupida nupcias das estrelas
Entre lençóis deitadas ao luar

Descrevo-te em ilibados devaneios
Acima dos sons das ondas
Na rebentação das fortes águas 
O mar contra as pedras a se chocar

Brancas nuvens como espumas
Pelo espaço a se espalhar
Dominadas ao frescor da brisa
E o vento se põem ao curso do mar

Embebecida de amor a lua
Se faz bela e brilhante sobre a noite
Mil liras anunciam aos céus 
Seus lábios sedentos de caricias e amor

Fostes dos sonhos a poesia 
Despudorada e nua em nupcias e fantasia
Flertaste com a noite oculta no infinito
Doce e imaginária noite de magia


                   Poeta do Sertão