sexta-feira, 14 de outubro de 2016

"A VOZ DOS COLIBRIS"



Das rosas
Trago o perfume
Como que por magia
A voz dos colibris contagia

Sopra o vento
Harmoniosa melodia 
As folhas envaidecidas
Aplaudem a exaustão 

Das roseiras
Pétalas harmoniosamente 
Desgarram e bailam 
Freneticamente a luz do luar

Das rosas 
Uma suave fragrância 
Nos contagia e nos faz ouvir
Doce melodia na voz dos colibris 


                Poeta do Sertão