sexta-feira, 29 de julho de 2016

"O ENCONTRO DAS PEDRAS COM O MAR"





Manhã nublada mar agitado
Ferozes nas pedras as ondas a bater
Silencioso distraidamente frente ao mar
Mente fervilhando pensamentos a vagar

O toque leve 
Das ondas parece as pedras acariciar
A suavidade da maresia
Meu rosto a afagar 

No acasalamento das ondas
Com as pedras a flertar
Impassível me encontro
Os mistérios da natureza a observar

O encontro das pedras com o mar
Numa imagem impar 
O vento sopra a maresia
Neste encontro magistral

Com o mar
Por entre ondas e ilhas
As ondas vem as pedras germinar 
Neste extasiante se tocar
No encontro das pedras com o mar



                  Poeta do Sertão