terça-feira, 29 de março de 2016

O Autor na Praça - Hugo Paz e Vitor Miranda

No próximo sábado, dia 2 de abril, os nossos convidados são os poetas Hugo Paz e Vitor Miranda, eles estarão no Espaço Plínio Marcos com seus livros mais recentes: “Retratos de um Cotidiano” e “Um mar de solidão”, respectivamente, em tarde de autógrafos e, claro, recebendo dois poetas, vai rolar leituras com eles e convidados.



Sobre o livro Retratos de um cotidiano - São dessa forma com humanidade, beleza e simplicidade que Hugo Paz renova as nossas esperanças. Temos aqui um livro forte, comovente e belo que surge no contexto de uma poesia que se move, atualmente, na cidade de São Paulo. É poesia viva, verdadeira e gritante que nasce na periferia, que vem pelas horas, pelas margens, mas que tem, como verdadeira intenção, (e força para tanto) nos despertar para modificar o meio que habitamos. (Trecho do texto de Marcelo Noceli na apresentação do livro).

Sobre Hugo Paz - Escritor e arte educador paulistano, nascido no bairro do Butantã. Começou a escrever aos 13 anos de idade após de envolver com o movimento hip hop. Atuante nos circuitos de saraus de São Paulo, também ministra encontros poéticos em escolas, CEUS, OnGs, hospitais, comunidades, bibliotecas, entre outros espaços. Autor de cinco livros de poesias e também participou de três antologias poéticas, além de ter participado de um audiobook de poesias. Coordenou projetos na Rádio Cantareira FM, junto com o locutor Gilberto Cruz ( Sintonize a poesia, nos anos de 2013/2014. Estudante de artes visuais, também vem se interessando pelo ramo das artes plásticas. Livros publicados: Minhas eternas poesias, Poesias da verdade, Rastros de palavras, Para desenhar outros fatos e Retratos de um cotidiano adormecido. No Face: https://www.facebook.com/hugo.paz.399?fref=ts.





Sobre o livro Um Mar de Solidão - Este livro expressa uma verdade essencial. O autor, no auge de sua juventude, nos regala com toda a impureza dos pensamentos puros. Uma obra bruta, com base numa visão simplista e encantadora da realidade urbana cotidiana. “É um despudor virgem, preciso, e imensamente verdadeiro, mesmo que, em alguma hipótese, não haja verdade alguma.”

Sobre Vitor Miranda - Publicou seu primeiro livro, Num Mar de Solidão, em 2014 pela editora Giostri. Nesse mesmo ano finalizou seu primeiro trabalho como diretor e roteirista de cinema. O curta-metragem Pise Fundo Meu Irmão com o qual ganhou um prêmio como melhor ator no 5º Troféu Graça Aranha de Cinema. Dirigiu a fotografia de dois curtas-metragens: Ponte (finalista do Cine Favela 2012) e Cartas (Melhor Documentário no I CineUrge - Festival de Cinema de Cornélio Procópio). Acaba de voltar do Yaoundé - Camarões após dirigir a fotografia do longa-metragem Scam Republic. No Face: https://www.facebook.com/vitor.miranda.775?fref=ts.







Serviço:
O Autor na Praça recebe os poetas Hugo Paz e Vitor Miranda
Espaço Plínio Marcos – Tenda na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto – Pinheiros
Dia 2 de abril, 15h – Grátis (evento em espaço aberto ao público).
Informações: Edson Lima – 3739 0208 / 95030 5577 – oanp@uol.com.br
RealizaçãoEdson Lima, AAPBC. Parceirahttp://radioundercover.com.br Apoio: Historiarte Educação e Cultura, Cia. das Artes, Max Design, O Cantinho Português (barraca de comida portuguesa na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto), Restaurante Consulado Mineiro