segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Quero Renascer na Primavera


Quero voltar a ser criança
Viver pleno de amor e esperança
Oferecendo ao mundo a paz da vida em quimera
E novamente renascer flor de primavera

Voltarei a ser criança
Quero ver o sol sorrir
Em minha vida brilhar
Quero voltar a ter esperança
Com harmonia viver a bonança

Quero ver reflorescer o jardim em flor
Na infância inocente oferecer o amor
Voltarei pelos campos correr
Para exausto sobre a grama adormecer

Quero correr pular brincar
Brincar jogar bola, rodar pião
Pular amarelinha e passar anel
Sentir a terra com os pés no chão

Voltarei a ser criança
Sem maldade no coração
Brindarei a igualdade 
À todos chamarei de irmão

Afaste o mal de meu caminho
Oferta-me um sorriso, o brilho do sol
Prepara-me uma porção, de ternura afeto e carinho
Da primavera espero o perfume da mais linda flor
Do seu coração espero receber compreensão e amor

Sou uma criança inocente afortunada ou carente,
Espero viver não quero riscos correr
Quero passar pela infância feliz e contente
E voltar a ter nos olhos um brilho reluzente...  

Sou criança quero viver
Sorrindo livremente e feliz
Como as águas no chafariz 
Quero em cada primavera voltar a nascer...


                    Poeta do Sertão
                         09-10-2015