segunda-feira, 22 de agosto de 2016

"ONDE DORME A LUA"



Onde dorme a lua
Num casebre aconchegante
Por traz do horizonte
Rente ao rio nos braços da ponte

Com seus raios vibrantes 
Galopando pelo gramado
Até a noite findar
E repousar bem junto ao mar

Onde dorme a lua
Nos sonhos de um poeta
Inspirado na pradaria
Adormecido a versejar 

Os sonhos 
O leva as estrelas 
Em noites intensas a brilhar
A liberdade do sonho, e as noites de luar


                  Poeta do Sertão