terça-feira, 2 de agosto de 2016

"A CADA DIA; UMA VIDA INTEIRA"




A cada dia
A cada novo momento
A cada lagrima que cai 
Uma gota de orvalho que vai

Uma vida 
Beleza que se atrai
Que com o tempo se esvai
Frente a um espelho que lhe trai

A cada dia;uma vida inteira
Brilha o sol iluminando o dia
As noites de luar
Com as estrelas a brilhar

A cada dia; beija flores e pirilampos
As flores perfumando os campos
Uma poesia na voz do poeta
Fantasias de uma luz,esvaindo-se entre frestas

A cada dia um outro abraço
As nuvens de ontem
Sol de um novo amanhã
Assim a primavera traz as flores 
Para a natureza perfumar...


                Poeta do Sertão