sábado, 23 de janeiro de 2016

"DE DOIS OU DOIS, EU VOU TE AMAR"




Duas rosas
Dois seres um amor
Dois corpos 
Um jardim coração em flor

Dois desejos 
Dois lábios por um beijo
No brilho de seu olhar
O amor em nós esta

O amor em ti eu vejo
Na ânsia dos desejos
Impremiáveis nudez 
Dos prazeres se satisfez 

De dois ou dois,eu vou te amar
Por entre caricias e beijos...
Entra dois anjos eu à vejo
No reflexo do espelho te desejo

Duas rosas 
Suas essências seu perfume
No brilho de seus olhos
Seus inebriantes queixumes 
Nos corpos nosso amor se resume...


         Poeta do Sertão
            23-01-2016