quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

"UM AMOR, UMA NOITE DE NATAL"




À noite esta linda
Ao longe um luar de verão
Estrelas pairam no ar
Luzes à brilhar

Nosso amor 
Nossos desejos
Este amor à nos aquecer
Carinhos à nos enlouquecer

Nosso amor
Uma noite de natal
Corpos nus
Num encontro sexual

Caricias e desejos
Nossos lábios
Em chamas
Incendeiam nossos beijos

Nosso quarto 
Amor selvagem
Delírios de prazer
Meu corpo sua imagem
Reavivando nosso querer

Numa noite de natal
Incêndio de prazer
Um fogo desproposital
O pleno múltiplo há nos enlouquecer

Um amor uma noite de natal
Nossa cama revirada
Uma janela entre aberta
Noite de verão lua prateada

Numa noite de natal
Com teu corpo me encontrei
Nossos murmúrios, nossos beijos
Dois corpos trepidando de desejos

Quanto amor à nos levar
Ao inconsciente do prazer
Nossos corpos deliram 
Nos acalma e se faz saciar...


          Poeta do Sertão
              23-12-2015