terça-feira, 3 de novembro de 2015

Interagindo Com À Poesia




Entre o sol e o mar
Uma imagem a brilhar
Como brilha o sol refletido no mar
Com as flores a debutar

Interagindo com a poesia 
sobre as águas a flutuar
As palavras em harmonia
Tenho saudades do sol a brilhar

Saudades,poesias sol e mar
Quantas alegrias ao versar  
Trago no sangue a poesia
Na pele a cor do sol, em conjunto com o mar 

Entre o céu a terra e o mar
A felicidade se faz ouvir em forma de versos
Com singelo e meigo olhar
Quando à poesia esta à falar

Falando de amor poesia puro esplendor
As estrelas em todo seu fulgor
Cintilantes como é o sol
Com sua luz lá do céu a imperar

Interagindo com a poesia
As rosas no jardim à desabrochar
Venha à vida perfumar
De saudades, me ponho à versar

Quantas saudades tenho
Dos antigos sarais, dos violeiros
Fazendo versos de improviso
Nas noites prateadas de luar

Poetas cantam poesias
Exaltando com saudades o brilho do luar
O sol a primavera, o amor e ao mar
Somos feitos de rimas em harmonia a versar

Poetas e violeiros noites e boemia
Sarais Cordéis e poesias 
Declamam do luar, a luz do dia
Lembranças dos saudosos dias...

         Poeta do Sertão
            01-11-2015