sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Fatima Fatuquinha

Fatima Fatuquinha

O Diário dos Escritores entrevista a escritora, Fatima Fatuquinha.









Nome, pseudônimo, data de nascimento e cidade natal

Fatima F. Maria de Fátima Abreu de Oliveira, 19/05/1964 Rio de Janeiro, Pseudônimo: FATUQUINHA



Quando percebeu que gostava de literatura?

Fatima F. Desde que aprendi a ler aos 4 anos de idade.


Segue alguma religião? Por quê?

Fatima F. Sou espiritualista. A minha religião é um conjunto de várias doutrinas e religiões distintas: inclusive a de Allan Kardec, Buda, Catolicismo, etc


O que acha que falta nas escolas para melhorar o ensino público?
Fatima F. Incentivo prático, ou seja, que eles reformulem todo o ensino para a interação direta do aluno com a matéria a ser estudada. Assim se aprende mais rápido!


Pratica esporte? Se não pratica, qual gostaria de praticar?

Fatima F. Faço caminhadas.


Qual o seu conceito a respeito da criação do Universo? Acredita que o mundo terá fim conforme prega algumas religiões?

Fatima F. Acredito no começo de tudo como UMA GRANDE EXPLOSÃO, realizada pelo Criador. Não acredito no fim de tudo, mas, em um recomeço: Com uma NOVA ERA. Diferente de tudo que já vimos até agora


Acredita que o mundo terá fim conforme prega algumas religiões?

Fatima F. Não acredito no fim de tudo, mas, em um recomeço: Com uma NOVA ERA. Diferente de tudo que já vimos até agora.


O que dizer sobre a diminuição da maioridade penal?

Fatima F. Acho que quem pode cometer crimes, pode pagar por eles, em qualquer idade. Sou a favor que prendam e sentenciem conforme o delito.

Acredita que a arte cura? Por que sim, e/ou por que não.

Fatima F. Acredito. Se não fosse a minha arte literária, teria sucumbido me muitos momentosa da minha vida.
* Acredito, pois se não fosse a minha arte literária, teria sucumbido em muitos momentos de minha vida.


Até que ponto devemos perdoar uma ofensa, física ou psicológica, sem tomar como exemplo os conceitos religiosos?

Fatima F. Acho que vai de cada ser humano a capacidade de perdoar, independente de religiões.


 O que dizer dos ateus? Existem ou não?

Fatima F. São pessoas como qualquer outras. Apenas não acreditam em Deus. Isso não os faz menores que ninguém. O que importa para o Criador é o caráter, é o Bem que pode ser feito por cada criatura.Religiões criam rótulos, DEUS não. Todos são seus filhos, mesmo que outros ainda não o tenham como Pai Maior.


Qual seus planos para o futuro literário?

Fatima F. Planos para o futuro literário? Não tenho. O que tinha que ser feito já fiz, e continuo fazendo... E está ao alcance de todos que queiram ler-me. Basta comprar meus livros e lerem meu blog.

Qual seria o livro que se presentearia hoje?

Fatima F. Ah, são muitos! Mas, o queria ler de imediato, eram as continuações de 'INVASORA' e de 'O SEGREDO DAS BRUXAS'


Qual seria o livro que se presentearia hoje?

Fatima F. Ah, são muitos! Mas, o queria ler de imediato, eram as continuações de 'INVASORA' e de 'O SEGREDO DAS BRUXAS'


Defina com poucas linhas a Fátima Fatuquinha Abreu

Fatima F. Eu sou uma escritora de coração, alma e corpo. Vivo para isso. É a minha cura para os problemas diários. Mulher guerreira. Um pouco desatenta, saúde frágil, instintiva, intuitiva, carente, amiga, companheira, chorona, faladeira, complicada e muito sensível ( não queria ser assim)